Seja Criativo ao Investir Seu Talento

Tenha em conta esta ótima oportunidade de negócio. À venda: lindo bangalô de luxo à beira-mar. Garantimos uma estrutura que nunca vai necessitar de qualquer reforma, pintura ou qualquer outro tipo de reparo. Já vem com eletrodomésticos à prova de corrosão, curto circuito ou quebra. Não há necessidade de seguro residencial nem qualquer proteção contra incêndio, furto ou roubo. Não é necessário se preocupar com custos de manutenção, gás, eletricidade, água ou impostos. Como disse, uma excelente oportunidade para investir!!

O melhor de tudo é que este imóvel é tão barato, que não há necessidade de pesquisar as taxas de financiamento junto ao seu gerente. O que acha? Está pronto para investir?

Não é que tudo isso seja bom demais para ser verdade. Qualquer um pode adquirir um imóvel como o listado. Embora eu tenha premeditadamente esquecido de mencionar que a casa não existe fora de um mundo virtual de um jogo online de computador, siga em frente com a leitura!

Pode ser que você não esteja nem um pouco interessado em gastar seu rido dinheirinho em imóveis virtuais. No entanto, existem centenas de milhares de pessoas espalhadas pelo globo que conseguiram enxergar uma grande e inusitada oportunidade de negócios. E estão fazendo dinheiro real com isso!

Existem pessoas para as quais o jogo Second Life não é apenas um mundo virtual onde se pode escapar do marasmo da realidade através de um alter ego criado segundo o que sempre se quis ser. É um lugar para se desenvolver talentos especiais de design e construir imóveis virtuais e disponibilizá-los a outros jogadores, entre outras oportunidades. Esses talentos tem movimentado um mercado que gera milhões de dólares todos os anos.

Second Life disponibiliza um mundo virtual completo para os jogadores. É uma espécie de simulador que tenta ser o mais próximo da realidade possível. Uma das suas características é o uso de uma moeda virtual conhecida por Linden Dollars, que pode ser convertida em dinheiro real. Desde que a moeda do jogo tem valor real, jogadores visionários usam seus talentos com criatividade para conseguir lucro.

Existem histórias de jogadores de sucesso como Ailin Graef, que com apenas US$10 passou a controlar 36 quilômetros quadrados de terra virtual no jogo. Esses US$10 passaram a valer mais de um milhão de dólares reais. O império criado por Graef iniciou com pequenas compras de imóveis virtuais que foram subdivididos e redesenhados com paisagismo elegante e arquitetura moderna. Os imóveis então eram revendidos para outros residentes virtuais com lucro. Uma fórmula simples, usada com criatividade e adaptada ao nosso tempo. O sucesso da imobiliária virtual deu à luz a uma empresa real dotada com mais de 20 colaboradores.

Quais Lições Podemos Aprender?

Lição nº 1: Nunca subestime seus talentos, por mais simplórios que possam parecer aos demais. Encontre o lugar onde serão reconhecidos e serão transformados em dinheiro.

Você pode ter talentos que para alguns não vale muita coisa. Mas, se procurar, pesquisar direito, certamente encontrará alguma oportunidade de usá-los para construir sua fortuna. No caso de Ailin Graef ela usou sua expertise para identificar o potencial da plataforma Second Life e resolveu trabalhar como arquiteta virtual. Estou certo que poucas seriam as pessoas que se impressionaram quando ela resolveu desbravar esse campo. Mas e daí? A tecnologia abriu um mercado mundial para os seus talentos.

Desde o início dos tempos, empresários lutam contra as restrições impostas pelas distâncias que prejudicam os negócios: como faço para atingir o meu mercado? Como vou atingir meus consumidores? A tecnologia está reduzindo drasticamente as dificuldades, desde que se saiba aproveitá-la com criatividade. Quando olhamos para estas novas oportunidades que surgem todos os dias é que percebemos o quanto os negócios tradicionais dificultam o surgimento de novos talentos.

Pense por um minuto. Se, por exemplo, tivesse realmente incríveis habilidades com o Cubo Mágico (conhecido lá fora por Rubik) e quisesse ajudar as pessoas a solucioná-lo, poderia formatar aulas divertidas e didáticas em dois ou três idiomas, e oferecê-las através de vídeo aulas. Quantas pessoas interessadas pensa que existem espalhadas pelo mundo desde que o quebra-cabeças foi lançado há aproximadamente 30 anos? Você poderia escrever um ebook ou pensar em outras formas criativas para ganhar dinheiro com o seu talento.

Lição nº 2: Resolver o problema do consumidor é a maneira mais fácil para ganhar seu dinheiro. Parece óbvio, mas poucas pessoas atentam para esta questão.

Apesar de tantos talentos iguais ou até superiores ao de Ailin Graef, ela foi pioneira ao dedicar esforços para resolver os problemas imobiliários dos jogadores de Second Life. A construção pessoal de uma propriedade no Second Life exigia uma grande quantidade de tempo e esforço dos novos jogadores. Por uma pequena quantidade de dinheiro os jogadores recebem imóveis estonteantes instantaneamente! Por outro lado, a proporção de gente gastando dinheiro no Second Life é infinitamente superior em relação às pessoas que conseguem gerar renda a partir de lá. Consegue enxergar o alcance desse negócio?

Os consumidores têm uma fonte inesgotável de problemas e eles estão apenas esperando que alguém chegue e ofereça uma solução razoável para que possam abrir as suas carteiras e passar o cartão de crédito.

Lição nº 3: se você quer ganhar dinheiro em jogos como Second Life, encare-o como um negócio e não como um playground.

Existem dois tipos de pessoas no ramo de jogos online: os que ganham dinheiro e os que gastam dinheiro com eles. Se deseja fazer parte do segundo time, tenha um olhar crítico sobre o negócio e esqueça a diversão. Seja sensível às tendências. Participe de fóruns e chats. Os usuários vão revelar por eles mesmos o que desejam. Encontre uma forma de satisfazer esses desejos e ouça o tilintar da sua caixa registradora.

Lição nº 4: Enxergue o que ninguém mais vê.

Muitas pessoas certamente caçoaram de Ailin Graef quando ela revelou seu desejo de ser uma arquiteta virtual. Talvez parentes e amigos. Enquanto a maioria dos jogadores encarava Second Life como um passatempo ou um simples jogo, ela identificou uma forma de ganhar dinheiro. Acreditou no seu feeling e investiu seu tempo até que desse certo.

O motivo de existirem tão poucas pessoas de sucesso é justamente este: elas enxergam oportunidades onde ninguém mais vê. Elas acreditam na sua ideia e vão até o fim para torná-la real.

E você, já tinha pensado sobre o assunto? Quem sabe não estará no Second Life a sua oportunidade para investir seu tempo e trabalhar em casa?

Acesse também:

Sucesso!

–x–

Se gosta e acompanha os artigos do blog, considere compartilhá-los nas redes sociais!

Cláudio Corgozinho

Advogado, Conferencista Internacional, Facilitador em Treinamentos Empresariais, Empresário, Escritor, Life, Executive & Professional Coach, Problogger, idealizador do Mais Dinheiro No Seu Bolso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *