Práticas Financeiras dos Investidores de Sucesso

Muitos milhares de investidores de sucesso foram entrevistados ao longo dos anos, em uma tentativa de se conseguir extrair o “conselho financeiro final”, e descobrir o tão sonhado segredo do sucesso. Como tudo mais na vida, existem práticas corretas e incorretas, coisas certas e outras erradas a se fazer. Neste artigo, selecionamos as melhores recomendações sobre como investir corretamente para ganhar mais dinheiro de todos os seus investimentos.

Para entrar para o rol dos investidores de sucesso, a coisa a saber é: sempre se faz mais dinheiro quando se assume riscos maiores.

Uma parte importante do aconselhamento financeiro é que se você não estiver um pouco preocupado com seus investimentos, então você não está arriscando o suficiente. Você deve ter bastante dinheiro investido de modo a ficar preocupado com o que pode fazer com suas economias. É claro que cada um tem seu próprio nível de tolerância ao risco, por isso, trabalhe sempre nesse limite. Quanto mais cuidado o investimento exigir de você, maiores as chances de ganhar mais dinheiro.

A 2ª prática inteligente é “dominar a ganância”.

Todos queremos ganhar um “pouquinho mais”, não é verdade? Mas se deseja ganhar mais dinheiro e se tornar um investidor de sucesso, aprenda a realizar o lucro mais cedo. Pessoas ricas e investidores profissionais ganham dinheiro porque aprenderam a controlar seu limite de ganhos. Atingido o limite pré-estabelecido, transformam o investimento em dinheiro novamente, ainda que o mercado esteja “aparentemente” a favor. Frisamos a palavra “aparente” porque a volatilidade é sempre um perigo iminente, e segundos após ganhar uma pequena fortuna pode-se perde-la completamente. Por isso, aprenda a resistir a voz que diz “só um pouco mais…”.

A 3ª prática a dominar é justamente sobre a volatilidade, e diz respeito a compreender que o mundo dos investimentos é fundamentado em incertezas.

Qualquer desconfiança no mercado gera caos. Nenhum economista faz previsões totalmente acertadas. Aliás, o termo “prever” é muito relativo quando se trata de mercado, porque o número de variáveis é imenso e o que se faz na verdade é analisar uma certa quantia de dados e compará-los a situações parecidas no passado na tentativa de se projetar um futuro aproximado. Nada mais que isso. Mesmo os resultados dependem muito da interpretação dos analistas, de forma que não existe segurança de nada.

Em outras palavras, todos os resultados financeiros são carregados de incertezas. Se você deseja aprender a investir com sucesso, você tem que entender que isso significa que todo o investimento é, em última análise, algum tipo de aposta. Ninguém pode garantir o que vai acontecer no futuro com relação a qualquer ação ou investimento, seja de que tipo for. Todos apenas “tentam” adivinhar e ganhar um pouco mais. É justamente assim que funciona. Portanto, aprenda a “ler” o mercado e siga a sua intuição.

A 4ª prática recomendável é ganhar mais dinheiro ao aprender a aceitar as perdas.

É um erro crasso quando o navio começa a afundar insistir em permanecer nele. Certamente o naufrágio vai te levar para o fundo do mar. Em outras palavras, aceite as pequenas perdas ao invés das grandes. Quando o mercado decide inverter as expectativas de determinado investimento, saia dele imediatamente. Não permaneça em um investimento ruim na esperança das coisas melhorarem e recuperar as perdas. Procure outro investimento e comece tudo de novo. Você só vai investir com sucesso quando aprender a minimizar suas perdas e desvantagens, de modo a tirar as experiências necessárias para maximizar os lucros do próximo investimento.

Outra prática dos investidores de sucesso é contratar assessoria financeira e saber contar com a sorte (5ª prática).

Apesar do que muitos especialistas dizem, a sorte é um fator altamente relevante ao aprender a investir com os grandes (a propósito, leia nosso artigo O Fator Sorte Nos Negócios). Como não existem padrões previsíveis ou realmente confiáveis para investir no mercado de ações (por exemplo) – os economistas nunca vão admitir isso, mas essa é a verdade! – para que você seja bem sucedido, você precisa de muita sorte. Uma boa pergunta para se fazer é: “quanto do meu patrimônio financeiro estou disposto a confiar na sorte?”. Além disso, aprenda a confiar nos assessores financeiros. Contrate pessoas especializadas para ajudar pelo menos nos primeiros meses de investimentos. Considere isso um investimento altamente necessário. Aprenda com seus assessores, pergunte porque escolhem ou recomendam determinado investimento em detrimento de outro. Seja curioso, observador e absorva o máximo de informações possíveis. Paralelamente, tente formar suas próprias opiniões.

Uma boa prática a incorporar no seu “eu investidor” é eliminar totalmente ou controlar as suas emoções (6ª prática).

Isso significa dizer nunca se apaixonar por um investimento. Nunca se envolva emocionalmente com qualquer coisa que você compra com a intenção de obter lucro. Esta regra sobre investimento abrange imóveis também, especialmente a sua casa.

A 7ª prática a dominar é nunca confundir um palpite com esperança.

Muitas pessoas esperam que uma determinada ação ou investimento possa ajudá-los a fazer mais dinheiro. Eles então acreditam totalmente que “têm um palpite milionário”. O melhor conselho financeiro que você pode aprender é discernir entre palpites e esperanças, e jamais confundi-los.

A 8ª prática que vai ajudá-lo a entrar para o time dos investidores de sucesso é: seja confiante.

A confiança é uma prática melhor que o simples otimismo e totalmente profissional, e significa saber como vai lidar com o pior. Ainda que hajam perdas, você continua confiante o suficiente para permanecer no jogo.

Se deseja realmente se tornar um mestre nos investimentos, a 9ª prática relevante diz: aprenda a confiar em si mesmo.

Isso significa, após ultrapassar a fase iniciante, desconsiderar a maioria das opiniões. A grande parcela dos “profissionais” fazem apenas “copiar” os verdadeiros experts. Selecione 2 ou 3 especialistas e tenha apenas as suas considerações em pauta. Depois de ler e refletir sobre o que disseram, aprenda a tomar as decisões baseadas apenas nas suas próprias impressões sobre o mercado. É um erro grave dos iniciantes querer ouvir a todos. Não permita que as suas decisões de investimento e capacidade de fazer mais dinheiro sejam influenciadas por ninguém, a menos que realmente tenha motivos muito específicos para isso. Lembre-se, porém, que o sucesso passado não significa sucesso presente ou futuro. Assuma a responsabilidade por cada escolha que faz.

A 10ª prática relevante para aqueles que desejam se tornar investidores de sucesso é aprenda a investir como os grandes.

O conselho anterior é praticado por muitas pessoas bem sucedidas no mercado de ações. Lembre-se que esse mercado é altamente especulativo. É dominado e controlado por pessoas que fazem sua vida através da compra e venda de papéis para os outros. E essas pessoas cometem erros todos os dias. Assim como eles, não tenha medo de errar, por isso é importante trabalhar com quantias que esteja disposto a “perder”.

Não existem formas infalíveis para ganhar com investimentos de risco. Se você estiver disposto a investir em ações, seja cuidadoso. Faça o seu dever de casa, aconselhe-se com as pessoas certas e esteja atento aos seus investimentos o tempo todo.

Por fim, leia também:

Um forte abraço e sucesso nos investimentos!!

–x–

E então, gostou deste artigo? Espero que sim! 🙂

Se você se interessa por educação financeira e quer ficar livre de todas as suas dívidas de uma vez por todas, faça o download gratuito do meu e-book:

Educação Financeira – Fique Livre das Dívidas!

Basta clicar na imagem abaixo…

Educação Financeira: Fique Livre das Dívidas!

Cláudio Corgozinho

Advogado, Conferencista Internacional, Facilitador em Treinamentos Empresariais, Empresário, Escritor, Life, Executive & Professional Coach, Problogger, idealizador do Mais Dinheiro No Seu Bolso.

2 thoughts to “Práticas Financeiras dos Investidores de Sucesso”

  1. Oi Claudio,

    parabéns por mais este belo artigo, as dicas são muito boas. Elas sintetizam tudo que a gente já sabe, mas em uma ordem lógica e sistematizada. Parabéns pelo artigo e pelo blog. Sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *