Faça Dinheiro Rápido

Muitas vezes nos encontramos em situações financeiras complicadas onde é necessário gerar dinheiro rapidamente, criar uma forma de nos livrarmos logo da dívida. As dicas abaixo são baseadas em estudos e pesquisas, mas, principalmente, no bom senso. No entanto, mas na maioria das vezes, em razão da pressão do momento, poucos são capazes lembrá-las e/ou aplicá-las corretamente. Portanto, observe essas dicas e faça dinheiro rápido.

1 – Tenha calma. Não faça nada precipitadamente, principalmente aquilo que irá se arrepender mais tarde. Respire e converse com alguém de confiança. Busque conselhos, peça sugestões.

2 – Procure as pessoas que lhe devem dinheiro e exponha, sem perder a cabeça, a situação emergencial. Não adianta ficar nervoso, isso só piora o contexto. Se alguém tem dívidas com você, este é o momento para tentar recebê-las, ainda que não lhe paguem o montante integral.

3 – Venda algo particular imediatamente. Todos temos em casa alguma coisa que fica lá apenas como depósito de poeira. Desenterre aquele violão velho que você nunca toca. Sabe aqueles CD´s que você já não ouve há muito tempo? E aquela coleção de quadrinhos que já não fazem mais nenhum sentido? Se abrir seu guarda-roupas provavelmente poderá encontrar muita coisa para vender em algum bazar. Lembre-se também dos livros que já leu e não tem mais utilidade para você, bem como móveis usados que entulham os cômodos da sua casa. E sobre as suas jóias, que tal levá-las ao penhor?

A regra de ouro é o desapego. A grande maioria das pessoas têm um sentimentalismo exacerbado por seus pertences e são incapazes de se desfazer deles mesmo em situações de urgência. Use sites de leilão e classificados gratuitos para anunciar produtos que não usa mais. O importante é não se endividar se tem alternativas viáveis para resolver seu problema financeiro. Lembre-se que após passar a situação de aperto poderá reaver todos os seus bens novamente.

4 – Ganhe dinheiro rapidamente em eventos. Festas, rodeios, shows, gincanas, entre outras, promovidas pelo seu município ou vizinhança são excelentes oportunidades para levantar dinheiro considerável em pouquíssimo tempo. Vendedores ambulantes profissionais chegam a faturar 200 a 300% ao vender água, refrigerante, cerveja e energético para os participantes desses eventos. Apenas procure se informar na prefeitura sobre os alvarás necessários para não ter problemas com a fiscalização.

5 – Renegocie as suas dívidas. Não tenha vergonha de dizer que não tem dinheiro para pagar. Seja humilde. Não permita que seu orgulho o leve para os tribunais em ações de cobrança e execução, muitas vezes despendiosas (vão onerar a sua dívida) e emocionalmente desgastantes. Não perca seu tempo com esse tipo de coisa, porque tempo, como sabe é dinheiro.

Invista as suas energias e o seu tempo em algo produtivo afim de solucionar o problema. Tenha em mente que ninguém quer ter prejuízo, por isso, jamais diga a um credor para ele “procurar os seus direitos” ou “fazer o que achar que deve”. Os seus credores querem provas de boa-fé para lhe facilitarem a vida, não lhes dê justamente o oposto. Seja inteligente, honesto e mantenha o seu bom nome, pode ser a única coisa que lhe reste.

  • Fique livre das dívidas: aprenda tudo sobre educação financeira!

Marque reuniões com eles, sejam gerentes de bancos, financeiras, amigos ou mesmo familiares que possam ter lhe emprestado dinheiro. Seja claro, não deixe nada subentendido sobre a sua situação, muito menos gere expectativas que sabe não serão cumpridas. Consiga um prazo mais alargado para o pagamento da dívida, negocie duramente os juros, taxas e penalidades. Faça propostas, ainda que mínimas e, principalmente, no que empenhar a sua palavra, cumpra. Deixe claro que você honrará o seu débito.

6 – Vá além do que sabe fazer. Não fique preso ao seu currículo nem a sua jornada normal. Em momentos de aperto financeiro você não deve se dar ao luxo de escolher o que fazer, principalmente se estiver desempregado. Se já tem um emprego de 6 ou 8 horas, ofereça-se para fazer horas extras. Mesmo que no seu trabalho não seja possível, ainda lhe sobram pelo menos mais 4 a 6 para se dedicar a uma atividade em part-time. Não importa a atividade, se irá lhe gerar renda extra, tenha em mente que todo trabalho honesto é digno, e de quebra, lhe ensinará muito sobre a vida. Faça o seu melhor e impressione!

7 – Corte o supérfluo imediatamente. Parece óbvio, mas me cansei de ver pessoas em sérios apuros financeiros gastando como se tudo estivesse as mil maravilhas e ganhando 5 vezes mais do que realmente ganhavam. É sério, seja coerente com o seu momento. Deixe o carro em casa (se é que ainda não o vendeu) e use o transporte público. Melhor ainda se for possível ir a pé ou de bicicleta para o trabalho. Abandone o hábito de comer em restaurantes, tomar cafezinhos e lanches na volta do dia, bem como a famosa cerveja em rodas de amigos depois do expediente (a menos que estejam pagando e ainda te deixem em casa). Aproveite a oportunidade e abandone definitivamente o vício do cigarro (você vai realmente se espantar em quanto dinheiro vai economizar aqui, sem falar que sua saúde agradece!). Tentar manter as aparências é uma das piores coisas que pode fazer, sem falar que seus credores se sentirão enganados ao descobrirem que tem dinheiro para gastar em festas, mas não tem para pagar as contas.

8 – Resista a tentação de contrair novas dívidas. A grande maioria das pessoas têm sempre a péssima ideia de pagar as suas dívidas pedindo dinheiro emprestado ao banco. Ou seja, para pagar uma dívida, criam outra. É um pensamento tão interessante quanto desejar tapar um buraco com a terra de outro. Se agir dessa maneira você nunca resolverá o seu problema, apenas ganhará um novo prazo que lhe permitirá respirar por alguns dias, mas muito mais cedo do que pensa, estarão cobrando novamente à sua porta. Reveja a dica nº 05.

Todas essas dicas são importantes e dão uma luz para quem não consegue enxergar o fim do túnel. Lembre-se que a situação é passageira e você deve aprender com os erros cometidos para que não se repitam no futuro.

Tão logo supere a crise, separe 10% de tudo que ganhar para compor um “fundo de emergência” próprio. E não invista em nada com baixa liquidez (que seja difícil de transformar em dinheiro de novo) para não ter o dissabor de perder ainda mais dinheiro na conversão.

Ao agir assim, certamente passará pela dificuldade sem muito estresse. E aprenderá importantes lições que valerão por toda a vida.

Outras dicas para fazer dinheiro rápido:

E você, quais as suas dicas sobre como conseguir dinheiro rapidamente?

—xxx—

Gostou deste artigo? Espero que sim! 🙂

Se você se interessa por educação financeira e quer ficar livre de todas as suas dívidas de uma vez por todas, faça o download gratuito do meu e-book:

Educação Financeira – Fique Livre das Dívidas!

Basta clicar na imagem abaixo…

Educação Financeira: Fique Livre das Dívidas!

Cláudio Corgozinho

Advogado, Conferencista Internacional, Facilitador em Treinamentos Empresariais, Empresário, Escritor, Life, Executive & Professional Coach, Problogger, idealizador do Mais Dinheiro No Seu Bolso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *