Declaração do Imposto de Renda: Excelente Oportunidade Para Ganhar Dinheiro Extra!

Talvez você ainda não tenha se dado conta, mas todos os anos, entre março e abril, as pessoas que cumpram alguns requisitos legais estão obrigadas a apresentar a declaração do imposto de renda, ou seja, informar para o fisco, todas as ocorrências de ganhos que teve no ano anterior. Está na hora do famigerado Leão. A depender das informações que fornecer, você terá imposto a pagar, à receber (ou restituir), ou simplesmente terá saldo zerado, sem ocorrência de débito ou crédito junto à Receita Federal.

Este não é um capítulo sobre como declarar imposto de renda (são muitos detalhes práticos impossíveis de serem cobertos aqui), mas para apresentar o que pode ser uma ótima oportunidade de negócio sazonal para ganhar dinheiro extra, tendo em vista que a grande maioria das pessoas não faz a própria declaração. Não que o preenchimento seja difícil ou um bicho de sete cabeças, mas temos uma cultura de “pagar” para nos livrar desse tipo de chatice. E o que é chatice para uns é também oportunidade para outros!!

Isso significa que se você que está ligado de alguma forma à contabilidade, ou tem alguma noção contábil, pode faturar bastante nestes 2 meses de entrega, principalmente em abril, já que o brasileiro tem o (péssimo) hábito de deixar tudo para a última hora. E quanto mais perto da entrega, mais concorridos ficam os profissionais que se dedicam a preencher a declaração de terceiros. É a clássica situação da oferta e procura: quanto maior a procura, melhor a oferta!

Quem Deve Fazer a Declaração do Imposto de Renda?

De forma bastante geral, devem apresentar a declaração do imposto de renda:

  • todas as pessoas que no ano anterior receberam rendimentos tributáveis, cuja soma foi superior a $25.661,70 (* isso para o exercício 2013/2014, mas o valor mínimo é determinado pelas regras vigentes do Imposto de Renda que muda anualmente);
  • as pessoas que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a $40.000,00 (* idem à observação anterior);

Além dessas situações básicas, existem ainda os casos sobre:

  • ganho de capital em operações em bolsa de valores;
  • atividade rural – para os casos de receita bruta anual em valor superior a $128.308,50 (* idem);
  • bens e direitos – para quem teve a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2013, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a $300.000,00 (* idem).

São inúmeras as situações, de forma a abranger milhões de brasileiros obrigados a apresentar informações para o fisco, o que faz deste momento ideal para se levantar um bom rendimento extra sem muito esforço e a curtíssimo prazo, já que o pagamento se dá logo após a entrega do serviço prestado.

Como Preencher a Declaração do Imposto de Renda

O preenchimento da declaração de imposto de renda não é nada difícil se você tiver boa vontade em aprender.

Se tiver um amigo ou parente contabilista, facilitará ainda mais o aprendizado, pois pode buscar com essa pessoa as informações básicas sobre o preenchimento. E até mesmo tirar uma dúvida em um caso específico.

A cada ano, a Receita Federal facilita um pouco mais o preenchimento, o que é muito bom para os empreendedores de plantão. Em 2014, por exemplo, já foi possível preencher a declaração por meio de dispositivos móveis. Além disso, muitas informações gratuitas sobre o preenchimento são conseguidas na internet e no próprio site da Receita, que é bastante esclarecedor para quem tem conhecimentos mínimos sobre o assunto.

A Receita Federal chegou a publicar um infográfico bastante elucidativo, de forma que cada item leva a uma explicação detalhada sobre a declaração e seu preenchimento.

Nessa mesma página do infográfico foi possível ter acesso a tutoriais que tornaram o trabalho ainda mais leve para quem realmente queria aprender. E para fechar com chave de outro a Receita preparou ainda um super FAQ com todas as perguntas mais frequentes e suas respectivas respostas. Enfim, só não aprendeu nem ganhou dinheiro quem não quis!

E é claro que além de tudo isso, você pode selecionar apenas as declarações mais fáceis para fazer. Nada de complicações, ou seja, declarações que você pode fazer em apenas 15 minutos (isso mesmo!) e ainda assim faturar uma renda extra muito interessante ao final do mês.

Quanto Você Pode Faturar Nesta Brincadeira

Esta é uma resposta bastante complicada. Vai depender basicamente da sua região e da média cobrada pelos profissionais da área. Mas, um preço bastante justo para uma declaração simples (aquela que você faz em 15 minutos) pode sair a $80,00. E para que você não diga que isso é pouco, lembre-se que é o equivalente a $320,00 a hora técnica. Quantos profissionais você conhece cobram $320,00 a hora técnica?

Se no próximo ano, a partir de março até 30 de abril, prazo máximo para a entrega da declaração do Imposto de Renda das Pessoas Físicas você fizer apenas 30 declarações a este preço, você irá faturar um extra de $2.400,00. Já te ajuda?

Esse valor pode subir bastante a depender da complexidade da declaração do imposto de renda a ser preenchido, podendo chegar a 1 salário mínimo por declaração e até além disso. Basta que você tenha competência e seriedade para oferecer um excelente serviço.

Tenho certeza que a partir de agora você verá o Leão com outros olhos.

Mãos à obra!

—xx—

Gostou do artigo?

Esta é uma pequena amostra do que há no livro Abandone a Zona de Conforto: Aproveite as Oportunidades, Seja Próspero, Livre e Feliz!.

Para saber mais detalhes, clique na imagem.AbandoneAZonaDeConforto-Reduzida-MDNSB

 

Cláudio Corgozinho

Advogado, Conferencista Internacional, Facilitador em Treinamentos Empresariais, Empresário, Escritor, Life, Executive & Professional Coach, Problogger, idealizador do Mais Dinheiro No Seu Bolso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *