Como Ser Um Empreendedor - As 7 Habilidades Fundamentais

Como Ser Um Empreendedor de Sucesso – As 7 Habilidades Fundamentais

Como Ser Um Empreendedor de Sucesso – As 7 Habilidades Fundamentais

Em rápida pesquisa nos motores de busca, descobri que existe uma grande procura sobre o tema como ser um empreendedor, todos os meses.

Apesar de tudo que está acontecendo na economia e política no Brasil nos últimos tempos, é cada vez maior o número de pessoas que desejam aprender como começar o negócio próprio.

Particularmente fico muito feliz com essa tendência, porque realmente acredito que as únicas coisas que vão mudar a história do nosso povo são a educação e o empreendedorismo.

Primeiro, porque é óbvio que a educação beneficia o ser humano em todos os sentidos.

Uma pessoa devidamente instruída sabe fazer escolhas melhores, consegue resolver um número maior de problemas, sabe se comunicar melhor, e possui diversas vantagens que favorecem o sucesso.

Em segundo, porque em um país de pessoas essencialmente empreendedoras, vamos finalmente deixar a política do assistencialismo para trás, que ao contrário do que muitos pensam, prejudica muito o nosso desenvolvimento, porque leva um grande número de pessoas a se tornarem dependentes do governo. E pessoas dependentes são terrivelmente fáceis de se manipular.

O Grande Mal do Brasil: o Assistencialismo

O assistencialismo leva o país ao subdesenvolvimento, a desigualdade e à pobreza.

Veja bem, não existe nada de ruim nas pessoas de poucos recursos financeiros. O problema existe nas diversas limitações que o estado de pobreza impõe ao ser humano, entre elas:

  1. alimentação deficitária ou mesmo miséria e fome;
  2. exposição a várias doenças físicas e emocionais;
  3. educação de baixa qualidade ou mesmo o analfabetismo, e consequentemente as pessoas se veem forçadas a trabalhar em subempregos;
  4. ausência de sonhos e realizações, entre tantos outros problemas graves.

Quem quer morar em um país de pessoas dependentes do governo, doentes e que ganham apenas para sobreviver? Quem vai investir em um lugar assim?

Mas, o pior de tudo é que um país de política assistencialista mata os sonhos das pessoas.

E matar o sonho de alguém é como torná-lo um zumbi, ou seja, sem propósitos, sem objetivos, emocionalmente triste e sem vida.

No nosso contexto, ser um zumbi é estar vivo, mas sem poder usufruir o melhor que a vida pode proporcionar.

E o simples fato de estar vivo não significa viver de verdade…

O Empreendedorismo Muda a Vida das Pessoas

Por isso é que ao descobrir que existem milhares de pessoas a procura de informações e cursos sobre como empreender ou como ser um empreendedor me deixam sempre muito feliz!

É nessas horas que a minha fé nas pessoas deste país é avivada!

Veja a quantidade de termos relacionados ao empreendedorismo são pesquisados todos os dias:

  • como se tornar um empreendedor;
  • como se tornar um grande empreendedor;
  • como se tornar um bom empreendedor;
  • como se tornar um empreendedor de sucesso;
  • como se tornar um empreendedor individual;
  • Como ser empreendedor;
  • como ser um empreendedor;
  • como ser um empreendedor de sucesso;
  • como ser um bom empreendedor;
  • Como ser um empreendedor individual;
  • curso para empreendedor;
  • curso para pequeno empreendedor;
  • curso para empreendedor sebrae;
  • aprenda a empreender;
  • como empreender;
  • como empreender com pouco dinheiro;
  • como empreender na internet;
  • como empreender com sucesso;
  • como empreender sem dinheiro;
  • como começar a empreender;
  • como empreender do zero;
  • dicas de como empreender;
  • como empreender sem capital;
  • como empreender no brasil;
  • aprenda a empreender;
  • aprender a empreender;
  • curso de empreendedorismo.

Isso é incrível, e mostra que os brasileiros estão buscando melhorar de vida, finalmente estamos rompendo as algemas da zona de conforto!

E como o empreendedorismo mudou a minha vida, eu creio que pode mudar a sua também! É simples questão de tempo.

Ser empreendedor é aprender coisas novas e colocá-las em prática todos os dias. É testar e fazer de novo, quantas vezes forem necessárias.

Portanto, se você chegou a este artigo é porque faz parte do time de pessoa que se movimentam e estão dispostas a fazer o que for preciso para mudar de vida (claro, com honestidade, respeito e ética).

E, por um empreendedor de cada vez, vamos construir um país onde teremos orgulho de viver!

Como Ser Um Empreendedor de Sucesso

Na minha caminhada profissional, com mais de 35 anos de experiência, percebi que existem vários fatores que definem o sucesso de uma pessoa.

Mas, para que este artigo não fique cansativo, selecionei apenas as 7 principais habilidades de um empreendedor de verdade, ou seja, aquele que realmente faz a diferença no mundo dos negócios.

São elas:

  1. não gostar de trabalhar para os outros (ok, a primeira não é uma habilidade, mas uma característica);
  2. ser proativo;
  3. ser resiliente;
  4. estar disposto a superar desafios;
  5. ser criativo para vencer a concorrência;
  6. estar atento às oportunidades;
  7. gostar de aprender e se renovar todos os dias.

Observe agora se você reúne as características de um empreendedor de sucesso, e veja o que precisa ser melhorado.

1 – Não gostar de trabalhar para os outros.

Uma pessoa que realmente tem o empreendedorismo nas veias simplesmente detesta trabalhar para os outros.

Pessoas assim podem até se adaptar em um emprego, mas isso será por pouco tempo. O suficiente apenas para conseguir reunir recursos financeiros ou conhecimento para começar o seu próprio negócio o mais rápido possível.

Empreendedores de sucesso são essencialmente inquietos, inconformados com chefes que gostam de mandar e que se acham donos da verdade.

2 – Ser proativo.

O verdadeiro empreendedor não espera uma ordem para fazer algo. Ele reconhece uma necessidade no trabalho e simplesmente resolve o que precisa ser resolvido.

Ele gosta de ter autonomia, e realmente não suporta ter que passar por processos lentos e esperar uma autorização dos seus superiores para solucionar problemas que não deveriam exigir burocracia.

O empreendedor está em constante busca de soluções para uma situação ruim. Ele não fica “olhando para o tempo”, à espera de que “alguém faça alguma coisa”.

Ele simplesmente vai e faz.

3 – Ser resiliente.

Essa é uma característica que aprecio muito em um empreendedor de sucesso.

O empreendedor é naturalmente uma pessoa resiliente, ou seja, um “casca grossa”.

Nada o abate; nada é difícil de mais de ser feito; nada nem ninguém é insuperável.

Afinal, são realmente poucas as pessoas que têm a capacidade de se adaptar rápido às diversas situações de pressão impostas pelo mundo dos negócios: situações de adversidades, desafios de todos os tipos e complexidades, transformações e rupturas que podem desestabilizar qualquer um, menos o empreendedor.

Sob situações de estresse, o empreendedor consegue manter a calma, o raciocínio e a integridade emocional para fazer o que precisa ser feito.

4 – Estar disposto a superar desafios.

Superar desafios é uma arte, e ninguém está tão capacitado para essa tarefa quanto um empreendedor focado.

Essa característica é especialmente verdadeira no Brasil, um país tão rico, mas, ao mesmo tempo, tão difícil de trabalhar, que impõe tantas barreiras para os empreendedores.

A carga tributária injusta (uma das mais altas do planeta), burocracia excessiva, leis trabalhistas protecionistas (que não existem em nenhum outro lugar do mundo), corrupção, roubo, violência, baixa educação, falta de mão de obra competente, inadimplência, crédito caro (quase impraticável), inflação (sim, ela está voltando!)…

São tantos os desafios que é realmente de se admirar a existência de pessoas empreendedoras e que estão dispostas a trabalhar para tornar este país um bom lugar para se viver.

5 – Ser criativo para vencer a concorrência.

Em um mundo globalizado, vencer a concorrência é cada vez mais difícil.

A questão é: como ser um empreendedor que se destaca no meio de tanta gente boa?

O que você precisa saber é que não se vence mais a concorrência simplesmente baixando o preço de produtos e serviços. Na verdade, esse tipo de concorrência é feita por amadores.

Esse é o tipo de concorrência que chamo autodestrutiva. Aliás, cada vez mais os clientes desejam produtos de excelente qualidade, com preços cada vez menores.

Tentar vencer o seu concorrente com preços baixos é um simples paliativo, porque basta que ele abaixe os preços mais que você para o problema começar de novo.

E se você tentar abaixar outra vez vai soar como provocação, e o seu concorrente vai tornar a coisa pessoal, e vai fazer o mesmo. E isso vai ser ruim para todos!

Abaixar preços de forma irresponsável vai acabar com o seu lucro e destruir o seu negócio em pouco tempo.

Ninguém sobrevive no mercado sob a filosofia da concorrência suicida.

Portanto, a resposta ao questionamento acima é: seja criativo e supere-se todos os dias.

O seu principal concorrente é você mesmo. Tenho certeza que você já ouviu essa frase outras vezes, mas o que, de fato, significa “vencer a mim mesmo”?

Vencer a si mesmo é ultrapassar a barreira das crenças que te limitam. Esse é o princípio básico para se tornar um empreendedor de sucesso.

Mas, quais crenças são essas?

Toda as vezes que você diz algo como “isso é impossível”, “não consigo”, “não posso”, “ninguém é capaz de fazer isso”, “como ele consegue fazer isso?”, “nunca serei tão bom quanto ele”, você está seriamente limitando o seu poder de realização.

A única maneira de vencer a concorrência é por meio da superação das suas próprias limitações em resolver problemas.

Você quer ser bem pago? Quer ganhar mais?

Fácil!

Aprenda a resolver problemas cada vez maiores. Quanto mais difícil for o problema que você resolver, mais vão pagar pela solução que você tem a oferecer.

Você precisa observar o trabalho da concorrência e oferecer mais valor que todos os demais.

Faça o seu cliente entender que você entrega muito mais do que promete, e isso vai deixá-lo com a nítida sensação de que o “seu preço” é bem mais baixo que o do concorrente.

Essa é a única maneira inteligente de se “brigar” pelo preço.

Aumente a sua oferta e você poderá aumentar o seu preço. E ainda assim o seu cliente dirá: “uau, que pexinxa!“.

Como conseguir isso? Seja criativo! Faça o que ninguém está fazendo.

Porque ser criativo é a única coisa que vai te permitir oferecer bens e serviços exclusivos para se diferençar no mercado.

É claro que isso não é fácil. Exige esforço e prática diária. Caso contrário, haveria um empreendedor de sucesso em cada esquina. rsrsrs

Mas é totalmente possível, e isso vai fazer você ganhar muito dinheiro!

6 – Estar atento às oportunidades.

Sabe por que os empreendedores ganham muito dinheiro?

Porque eles estão atentos às oportunidades o tempo todo.

Elas estão por todos os lados. Elas estão ao seu redor agora mesmo.

Você não está vendo? rsrsrs

Eu falo muito sobre isso no meu livro Abandone a Zona de Conforto, Aproveite as Oportunidades, Seja Próspero, Livre e Feliz! à venda na Amazon do Brasil.

O empreendedor olha para uma situação que aos olhos de todo mundo é comum, e pensa:

“como eu posso ganhar dinheiro com isso?”

O empreendedor de sucesso olha para o problema de um grupo de pessoas e se pergunta:

“como posso resolver o problema dessas pessoas e quanto posso ganhar por isso?”

  • Um acomodado vai dizer: “deixa como está, eles se acostumam!”.
  • Um indiferente vai falar: “isso não está me incomodando, deixa prá la!”.
  • Um preguiçoso vai dizer: “ah, isso vai dar trabalho demais!”.
  • Uma pessoa de crenças limitadoras vai dizer: “isso é ganância, só pensa em dinheiro! Existem muitas coisas mais importantes que o dinheiro.”
  • Uma pessoa com as atitudes de um empreendedor de sucesso diz: “isso é evolução”, “isso é conforto”, “isso é solução de problemas”, “isso é a felicidade e satisfação desse grupo de pessoas”, “isso é o que essas pessoas sempre buscaram!”.

E você, qual das respostas acima melhor traduz a sua postura?

Costumo dizer para os meus clientes e alunos:

me diga a quantidade de oportunidades que você consegue identificar no seu dia, que te direi quanto sucesso você terá na vida.

7 – Gostar de aprender e se renovar todos os dias.

Recebo muitos emails todos os dias com questionamentos sobre como empreender. Tenho uma coleção deles, veja abaixo:

  • Como começar?
  • Por onde começar?
  • Como empreender?
  • Como ser um empreendedor?
  • Como ser empreendedor?
  • Como se tornar um empreendedor?
  • Como empreender na internet?
  • Como empreender com pouco dinheiro?
  • Como ser um bom empreendedor?
  • Como ser um empreendedor individual?
  • E a principal: como ser um empreendedor de sucesso?

Você observou que as dezenas de perguntas que me fazem diariamente são (literalmente) as mesmas (milhares de) buscas realizadas no Google todos os meses?

Ora, a resposta para todos esses questionamentos é uma só: educação.

Simples, prático e direto, como sempre! rsrs

A Busca do Conhecimento é Sempre o Princípio Básico do Sucesso em Qualquer Negócio ou Atividade

Gostar de aprender e renovar o conhecimento constantemente é essencial para quem deseja não só empreender, mas, acima de tudo, ter sucesso no seu próprio negócio.

Por isso, costumo dizer para as pessoas que me perguntam “como empreender?“, que o primeiro passo é sempre fazer um bom curso de empreendedorismo, para garantir que os próximos passos não dependam da sorte.

A primeira coisa a se fazer é buscar o conhecimento básico sobre gestão de negócios.

Para a sua segurança e segurança do seu investimento, muitas vezes um dinheiro economizado por anos de trabalho duro, não comece um negócio próprio sem antes fazer um bom curso de empreendedorismo e gestão de negócios.

Existe uma triste estatística do Sebrae que diz que mais de 70% dos negócios que vão iniciar este ano vão morrer antes do terceiro ano de atividade.

Um número muito grande de negócios morre antes mesmo de completar o primeiro ano de existência!

Isso acontece por falta de conhecimentos básicos sobre gestão de negócios.

E se você está lendo até agora sobre como ser um empreendedor, estou certo que você não quer fazer parte daquela estatística que mencionei acima. Verdade ou verdade? rsrsrs

Afinal, o que adianta iniciar um negócio próprio e não ter capacidade para levá-lo adiante?

Por isso, aprender o que e como fazer é tão ou mais importante do que o negócio propriamente dito.

Aprender a empreender e gerir um negócio é divertido, traz imensa satisfação pessoal, e é uma qualificação como outra qualquer.

Em outras palavras, eu não nasci empreendedor, muito menos administrador dos meus negócios. Eu aprendi a ser.

É assim com todo mundo, e se eu aprendi, você também pode!

Isso faz sentido para você?

Iniciar um negócio, abrir uma empresa é fácil. Se tornar um empreendedor individual, mais conhecido como Micro Empreendedor Individual ou MEI é muito simples.

Você pode fazer isso sozinho no Portal do Empreendedor. Basta clicar no link e seguir os passos para formalizar o seu negócio agora, se desejar.

Mas, entre ter um negócio e saber administrá-lo corretamente existe um enorme abismo a ser ultrapassado.

O que vai garantir a sua sobrevivência no mercado é saber exatamente o que fazer para gerir o seu negócio. Ou seja, para ter sucesso na sua atividade, você tem que ter conhecimentos mínimos sobre:

  • gestão administrativa;
  • controles financeiros;
  • vendas;
  • negociação;
  • marketing;
  • liderança e motivação de pessoas;
  • controle de estoque;
  • e muito mais.

Todos esses temas e muitos outros são abordados no curso de empreendedorismo que criei especialmente para você:

Justamente para que você tenha sucesso e evite todos os erros que muitas pessoas cometem ao iniciar os seus negócios.

Não importa se você já tem um negócio ou não, nem a sua experiência ou conhecimento, o Revolution será um divisor de águas para você.

Para saber mais sobre o que vai encontrar dentro do Treinamento Revolution, acesse este outro artigo que publiquei no blog.

Muitos alunos presenciais do Treinamento Revolution o chamam de Faculdade de 12 Horas, justamente por sua amplitude de informações e objetividade com que o conhecimento é transferido.

Sem enrolação e direto ao ponto, para que você receba o máximo de conteúdo para colocar tudo em prática o mais rápido possível.

Pois bem, você quer ser um empreendedor de sucesso?

A boa notícia é que tudo depende de você e do seu senso de oportunidade.

Tome a decisão que vai permitir com que você inicie o seu negócio do zero, com total tranquilidade e segurança!

Por isso, acesse agora a página oficial do curso de empreendedorismo Revolution Empreendedorismo de Alto Impacto e saiba todos os detalhes.

Mas, se você quer um acompanhamento realmente Top Class e exclusivo para ajudá-lo na condução dos seus negócios, você pode ter a minha mentoria pessoal a partir de hoje.

Para isso…

»»» Conheça Agora o Projeto Mastermind Pleno «««

E então, gostou deste artigo?

Essas são as 7 principais habilidades que você precisa reunir para se tornar um grande empreendedor e alcançar o sucesso nos seus projetos.

Mas, motive-se, pois, mesmo que neste momento não possua nenhuma delas, você pode começar a trabalha-las a partir de hoje!

Eu já te indiquei o caminho, mas só você pode percorrê-lo!

O que quero dizer é que sendo habilidades, elas podem ser perfeitamente desenvolvidas em você.

Se será fácil ou difícil, mais rápido ou mais lento, não importa. Pois será como você acreditar!

Para se aprofundar no tema, assista agora ao treinamento completo (grátis!):

»»» As 7 Habilidades Fundamentais Para Se Tornar Um Empreendedor de Sucesso!

Compartilhe este artigo nas redes sociais e faça a sua parte para ajudar o Brasil a se tornar um país de empreendedores de sucesso!

Nos vemos por aí!

Cláudio Corgozinho

Advogado, Conferencista Internacional, Facilitador em Treinamentos Empresariais, Empresário, Escritor, Life, Executive & Professional Coach, Problogger, idealizador do Mais Dinheiro No Seu Bolso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *