minimo esforço

A Lei do Mínimo Esforço

Hoje falaremos um pouco da aplicação da Lei do Mínimo Esforço como alavanca definitiva na construção de negócios lucrativos. E para isso, abordaremos basicamente a criação de múltiplas fontes de renda passiva.

Por mais incrível que pareça, o conceito de “renda passiva” ainda é novo para muitas pessoas.

Alguns acreditam que é apenas um sonho, enquanto outros têm a certeza de que é prejudicial por natureza, porque você não tem que trabalhar para conseguir o rendimento que todos os meses entra na conta. Eu ouvi algumas vezes a frase: “eu acredito em fazer dinheiro honesto”, como se ter múltiplas fontes de renda a gerar dinheiro sozinho fosse algo desonesto. Então exemplifico perguntando se a pessoa tem ou gostaria de ter imóveis alugados que gerassem algo em torno de R$5.000,00 e R$10.000,00 todos os meses. Seria algo ruim? “Claro que não!” é 100% das vezes a resposta. “Ora, pois é justamente isso o significado de renda passiva!”, ou seja, pensar em um sistema ou modelo de negócios que depois de certo tempo, esforço e investimento, passe a funcionar sozinho ou com mínima intervenção do empreendedor.

A verdade é que criar um negócio assim não é algo realmente tão difícil. É óbvio a necessidade de um bem pensado plano de negócios, trabalhado duro inicial sem qualquer garantia de sucesso, e muitas vezes aguentar o escárnio ao longo do caminho de todas as pessoas que mais gostamos, que pensam sermos “loucos” por buscar algo tão “surreal”.

A Lei do Mínimo Esforço x Trabalho Tradicional

A maioria das pessoas fazem a vida trabalhando a partir das 08:00 até as 17:00 ou 18:00 (sem falar as horas extras!).

Esse é o modelo tradicional (vamos, por hipótese, considerar que esta seja a realidade da maioria). Eles têm uma remuneração fixa (o salário, pagamento pelos 30 dias de trabalho) e só podem aumentar seus ganhos se conseguirem um aumento ou uma promoção. Embora passe despercebido é justamente aqui que reside o problema. Em algum momento da vida, a carreira ou cargo escolhido não poderá pagar mais, simplesmente por não ser possível financeiramente ou por ter chegado ao limite do que a empresa pode oferecer. Afinal, cada tipo de trabalho tem seu próprio teto, não importa o quão bom ou dedicado seja.

Por outro lado, receber promoções é muito bom, mas você tem que se lembrar que geralmente elas trazem muito mais responsabilidades, o que significa que você terá que se sacrificar mais para atender as expectativas e confiança que lhe foram depositadas. Não há mal nenhum nisso, para falar a verdade é completamente natural. Mas o lado ruim é que terá que se desdobrar muito, o que na grande maioria dos casos significa levar trabalho para casa, e consequentemente, diminuir o tempo de dedicação à família, amigos, saúde, etc.

Apesar de haver uma aparente melhoria no padrão social, diminui-se a qualidade de vida. No começo da carreira não se da muita atenção a essa questão, por causa da busca pela ascensão profissional, mas com o tempo, os valores mudam radicalmente. Então surge a pergunta fatal: “vale a pena?”. Cada um tem a sua própria resposta.

Outro detalhe do trabalho típico: tem o seu próprio tempo para a compensação entre esforço e dinheiro. Geralmente se trabalha 30 dias, para ao final, receber a remuneração combinada. E se por uma eventualidade precisar de mais dinheiro, vai ter que trabalhar horas extras (e como advogado, posso afirmar que nem sempre são pagas corretamente). E não existe a opção de trabalhar menos (mesmo que se receba menos) para passar mais tempo com a família. Se decidir por conta própria trabalhar menos horas ou menos dias na semana, certamente será despedido do emprego. Este é o cruel retrato do modelo de trabalho clássico.

Fazer Milhões No Trabalho Tradicional

É possível fazer milhões dentro do modelo tradicional. Não são poucos os empresários de sucesso que construíram seu próprio império ao longo de suas vidas. Mas, lembre-se que isso leva 40 ou mais anos de persistência, investimentos, suor e lágrimas, e nem sempre traz satisfação pessoal.

Se realmente gosta deste método, então vá em frente. Ainda assim, sugiro que deveria dar séria atenção à possibilidade de ganhar milhões muito mais rapidamente com a abordagem que a renda passiva permite.

Fazer Milhões Com Renda Passiva

Com um trabalho normal os rendimentos são lineares. Todo mês o trabalho paga exatamente a mesma quantia. E assim como aconteceu no mês anterior será daqui a 12 meses (ou mais).

Para dar um exemplo fácil, considere os juros simples em relação aos compostos. Você pode ficar milionário ao fazer uma poupança baseada em juros simples, mas isso vai consumir um tempo absurdo da sua vida. Com os juros compostos, a situação muda completamente, pois seu crescimento é exponencial. Isso é matemática elementar!

A Aplicação da Lei do Mínimo Esforço

Da mesma forma, com renda passiva, os ganhos são exponenciais.

Deixe-me tentar explicar isso com um exemplo interessante de Warren Buffett.

Quando ele era jovem, comprou uma máquina de pinball e colocou-a numa barbearia de um amigo a espera que os clientes jogassem enquanto esperavam a sua vez para cortar o cabelo.

Todas as semanas ele ganhava uma quantidade moderada de dinheiro daquela máquina. Se tivesse ficado somente nesta máquina sua renda teria sido relativamente linear. Mas ele usou todo dinheiro que ganhava para comprar outra máquina, e depois outra, e mais uma. Logo, sua renda era de 15 vezes o valor inicial. Ele então usou esse dinheiro para comprar um terreno e alugou-o para um fazendeiro local por uma boa quantia todo mês, o que aumentava ainda mais sua renda.

Tanto o dinheiro das máquinas de pinball quanto do lote alugado foram adquiridos de forma passiva. Ele não tinha que se esforçar nem trabalhar diretamente. Ele trabalhou com a cabeça umas poucas vezes, colocou o dinheiro para trabalhar por ele e colheu seus resultados por muitos anos depois.

Já que as máquinas e o lote (que depois também viraram muitos lotes) não exigiam a presença de Warren Buffet para que o trabalho fosse feito, ele poderia facilmente ter tempo para investir em muitos outros negócios e assim multiplicar sua renda tremendamente, como de fato aconteceu. A troca tradicional de tempo por dinheiro era inexistente, e isso elevou seus ganhos a números praticamente ilimitados!

Esta é a maneira como milhões são gerados todos os dias em renda passiva: você deve encontrar um método para fazer o seu dinheiro crescer de forma a ficar fora da equação tradicional (tempo pessoal + esforço + dedicação diária = salário ao final do mês) para que o dinheiro possa gerar renda sem você, e depois duplicar o processo, e de novo, outra vez e novamente.

É claro que isso não é fácil, mas você deve dedicar a sua criatividade para resolver essa questão. E quando conseguir, todos os seus problemas financeiros estarão solucionados.

Você está pronto para colocar em prática a Lei do Mínimo Esforço e se habilitar ao próximo nível da sua carreira? Então siga este plano e você será um milionário em um tempo muito breve.

Comece logo!!

—xx—

Gostou do artigo?

Esta é uma pequena amostra do que há no livro Abandone a Zona de Conforto: Aproveite as Oportunidades, Seja Próspero, Livre e Feliz!.

Para saber mais detalhes, clique na imagem.

AbandoneAZonaDeConforto-Reduzida-MDNSB

Cláudio Corgozinho

Advogado, Conferencista Internacional, Facilitador em Treinamentos Empresariais, Empresário, Escritor, Life, Executive & Professional Coach, Problogger, idealizador do Mais Dinheiro No Seu Bolso.

2 comentários em “A Lei do Mínimo Esforço

  1. Olá amigo Cláudio, tudo bem com você ? Espero que sim!!
    Belo post, parabéns!!
    O exemplo dado retrata de forma simples e objetiva o perfil de uma pessoa empreendedora que pensa grande!
    A medida em que fui lendo seu artigo, por alguns instantes pensei que se tratava de MMn (Marketing Multinível) rsrs, recentemente tive uma experiência desagradável e felizmente não tive grandes prejuízos e também não causei. Mas obrigado por compartilhar esse belo post comigo, um abraço, Luciano!

    1. Obrigado pelo comentário, Luciano! Realmente não são todas as pessoas que se adaptam bem ao MMN, o que também não significa que não funcione! Mas quis focar que não só o MMN possibilita a criação de múltiplas fontes de renda. O segredo é “pensar fora do quadrado” e fazer acontecer. Por favor, solicito que comente também no blog e sempre que gostar dos nossos posts, compartilhe com seus amigos e redes sociais! Grande abraço e sucesso!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *